PDF Imprimir E-mail
Escrito por Juliana   
Ter, 16 de Outubro de 2012 16:46

Plantas txicas: lindas e letais

Um bom projeto paisagstico deve ser consciente, escolhendo espcies belas, mas que no causem danos s pessoas, principalmente s crianas. Infelizmente, nos deparamos com muitas plantas txicas inapropriadamente utilizadas em projetos paisagsticos de escolas infantis, condomnios, residncias, fazendas, em arborizao urbana, etc.

A maioria das pessoas no sabe identificar as plantas txicas mais comuns e consideram simplesmente a aparncia das plantas no plantio, e, sem querer, podem estar armando uma armadilha para seus entes mais queridos. Algumas plantas extremamente ornamentais so to belas quanto letais, como o caso da espirradeira, to linda, to comum e to fatal... sua toxidade to alta que pode causar morte de adultos, crianas, caramujos e podem intoxicar cadeias alimentares de animais. J tivemos mais de uma oportunidade de visualizar espirradeiras plantadas ao lado de tanquinhos de areias em escolas infantis e clubes de recreao, bem a mo de qualquer criana pequena. Sempre que nos deparamos com esse tipo de situao, avisamos o responsvel que, ao saber do perigo, normalmente opta por retirar a planta do local.

Assim, fizemos abaixo um resumo das caractersticas, juntamente com uma foto e a ficha tcnica das plantas mais comuns que podem causar algum tipo de toxidade.

Ao final do texto, trazemos algumas medidas preventivas e fatos sobre intoxicao vegetal.



PALMEIRA RABO DE PEIXE

Nome popular: Palmeira Rabo de Peixe

Procedncia: Extica originria ndia e Malsia

Nome cientfico: Caryota mitis

Famlia: Arecaceae

Parte txica: fruto

Sintomas: sensao extremamente dolorosa na boca e que, em contacto com a pele e olhos, pode causar queimaduras graves

Princpio ativo: Oxalato de clcio


ESPIRRADEIRA

Nome popular: oleandro, louro rosa.

Procedncia: Extica originria do norte da frica, do leste do Mediterrneo e do sul da sia. muito comum em Portugal e no Brasil, quer espontnea quer cultivada

Famlia: Apocynaceae.

Nome cientfico: Nerium oleander L.

Parte txica: todas as partes da planta.

Sintomas: a ingesto ou o contato com o ltex podem causar dor em queimao na boca, salivao, nuseas, vmitos intensos, clicas abdominais, diarria, tonturas e distrbios cardacos que podem levar a morte.

Princpio ativo: glicosdeos cardiotxicos

MEDIDAS PREVENTIVAS

1 - Mantenha as plantas venenosas fora do alcance das crianas.

2 - Conhea as plantas venenosas existentes em sua casa e arredores pelo nome e caractersticas.

3 - Ensine as crianas a no colocar plantas na boca e no utiliz-las como brinquedos (fazer comidinhas, tirar leite, etc.).

4 - No prepare remdios ou chs caseiros com plantas sem orientao mdica.

5 - No coma folhas, frutos e razes desconhecidas. Lembre-se de que no h regras ou testes seguros para distinguir as plantas comestveis das venenosas. Nem sempre o cozimento elimina a toxicidade da planta.

6 - Tome cuidado ao podar as plantas que liberam ltex provocando irritao na pele e principalmente nos olhos; evite deixar os galhos em qualquer local onde possam vir a ser manuseados por crianas; quando estiver lidando com plantas venenosas use luvas e lave bem as mos aps esta atividade.

7 - Em caso de acidente, procure imediatamente orientao mdica e guarde a planta para identificao.

8 - Em caso de dvida ligue para o Centro de Intoxicao de sua regio.

fonte: www.redegoverno.gov.br

Intoxicao de Origem Vegetal

Segundo dados do Ministrio da Sade, ocorrem cerca de 2.000 casos de intoxicaes por plantas no Brasil. Destes, cerca de 70% ocorrem com crianas.

As crianas com idades entre 0 e cinco de anos de idade intoxicam-se, geralmente, com plantas cultivadas em vasos dentro das residncias. Entreas principais plantas causadoras de intoxicaes nessa faixa etria esto o comigo-ningum-pode o antrio e o tinhoro. Nas clulas das folhas e dos caules dessas plantas existem uma grande quantidade de cristais de oxalato de clcio na forma de agulhas que perfuram a boca da crianaquando estas ingerem partes dessas plantas.

Os casos de intoxicaes com crianas que possuem entre 06 e 12 anos ocorrem principalmente com a coroa-de-cristo, o pinho-branco, o pinhoroxo a mamona e o chapu-de-napoleo.

As intoxicaes entre os adultos tambm so frequentes, sendo causados, principalmente, pelo uso inadequado de plantas medicinais, pelo uso deplantas alucingenas e abortivas. Entre as plantas txicas que maiscausam intoxicaes nos adultos podem ser citadas a buchinha e a saiabranca (beladona)

Última atualização em Qua, 17 de Outubro de 2012 20:37
 
Cactus Web | Criação de Sites